Veja os números da carreira de Ricardinho, novo treinador do Tupi

Pentacampeão, chega ao quinto ano como técnico e conquistou um título

Por Rafael Campos

Ex-Corinthians e Seleção Brasileira. Como jogador, Ricardinho colecionou conquistas importantes, principalmente pelo alvinegro paulista. Campeão da Copa do Mundo de 2002, começou a carreira como treinador em há quatro anos, no Paraná. Chega ao Tupi para assumir a vaga de Estevam Soares e comandar a equipe nas últimas 12 rodadas na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B.

Revelado para o futebol no Paraná, em 1995, voltou ao clube 17 anos depois, como treinador. Somou duas passagens pela equipe paranaense. A primeira, onde teve seu melhor desempenho na carreira, com um aproveitamento de 57,10%. Em 2014, em seu retorno, também manteve a equipe longe do rebaixamento na Série B, repetindo a décima posição de dois anos atrás, porém com resultados abaixo.

14379782_1156840661070372_86547812361158718_o

Arte: Bruno Louzada

Em 2013, passou por dois clubes, também de Série B. No Ceará, chegou antes da pré-temporada e preparou a equipe para o estadual e Copa do Nordeste, mas acabou demitido após maus resultados. Poucos dias depois chegou ao Avaí, onde ficou cerca de três meses.

Primeiro título

Em Pernambuco, levou o Santa Cruz a conquista do campeonato estadual de 2015, na edição de centenário da competição. O título em cima do Salgueiro, ficou marcada como a primeira taça do comandante em sua carreira como treinador. Chegou à disputa da Série B com moral, mas não durou muito, após o mau desempenho, vencendo apenas uma partida em sete jogos, o que cuminou com sua demissão.

RIcardinho no Tupi

Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Como está sendo 2016 para Ricardinho?

Seu último trabalho aconteceu no primeiro semestre deste ano. Pela Portuguesa, disputou a Série A2 do Paulista e não conseguiu o acesso a primeira divisão estadual. Sua demissão aconteceu antes mesmo do fim da competição, quando o clube não tinha mais chances de classificação para as quartas de final. Coincidentemente, chegou a lusa para assumir o lugar de Estevam Soares, assim como acontece no Tupi.

Comments