• Home »
  • Palmeiras »
  • “Tipo Colômbia”: em pouco tempo, zagueiro Mina se torna um dos líderes do Palmeiras

“Tipo Colômbia”: em pouco tempo, zagueiro Mina se torna um dos líderes do Palmeiras

Destaque na defesa e no ataque, jogador já é peça fundamental no esquema de Cuca

Por Rodolfo Lamas

Muito se fala nos últimos dias sobre a Colômbia.  Em grande parte por causa da série Narcos, que retrata os momentos mais marcantes da história do traficante Pablo Escobar. No Palmeiras também se comenta bastante sobre o país sul-americano, mas não pelo seriado, e sim por conta do zagueiro Yerry Mina. O grandalhão de 1m95 já marcou três gols com a camisa Alviverde, todos eles contra rivais paulistas. Além disso, cada vez mais mostra sua importância no esquema tático do técnico Cuca.

A boa fase do Palmeiras, líder isolado do Brasileirão, também se deve a um zagueiro com características de atacante. Mina, defensor colombiano, contratado após o término da Libertadores junto ao Santa Fé, em poucos jogos já conseguiu virar titular absoluto da equipe paulista e ainda deixar sua marca no ataque.

O jogador disputou sete jogos, nos quais marcou em três oportunidades, contra Santos, São Paulo e Corinthians. Além de ser o carrasco dos rivais, foram gols importantíssimos e que renderam pontos para seu time.

No Santa Fé o jogador já se destacava por sua ofensividade. Na Libertadores desse ano foram três gols e muitas chances criadas. No Palmeiras isso também se torna cada vez mais comum. Em momentos que a equipe paulista se vê em desvantagem no placar, Mina se manda para o ataque e atua como um centroavante.

Cuca dá esse tipo de liberdade para seus zagueiros. Foi assim no Botafogo, com Juninho, no Atlético-MG, com Réver e Leonardo Silva, por exemplo. E, como o Palmeiras tem alçado muitas bolas na área ultimamente, Mina se aproveita muito bem disso.

Números de Mina no Palmeiras

Além dos três gols em sete jogos, o zagueiro criou outras chances para balançar as redes adversárias. Finalizou oito vezes no campeonato, quatro certas e outras quatro erradas. Teve êxito nos 15 desarmes que tentou, só nas duas últimas partidas foram nove – cinco contra o Flamengo e quatro diante do Corinthians.

Para se ter um ideia da importância de Mina no elenco Palmeirense, basta ver a média de cruzamentos que a equipe paulista realiza no Campeonato Brasileiro. São quase 15 por jogo, tendo seu ápice no duelo contra o Flamengo, quando o Alviverde alçou 29 bolas na área Rubro-Negra. Por muito pouco o defensor não deixou sua marca, pois perdeu uma grande oportunidade no fim do jogo.

Comments