Internacional precisa quebrar tabu para não ser rebaixado

(Lucas Uebel/Getty Images)

Contra a Série B, Internacional precisa quebrar tabu (Lucas Uebel/Getty Images)

Por Lucas Almeida

A situação do Colorado, que já era ruim, ficou ainda pior após a 36ª rodada do Brasileirão. A derrota para o Corinthians e a goleada do Vitória sobre o, já rebaixado, Figueirense aumentaram a diferença do Inter para o time baiano. Três pontos separam os gaúchos do primeiro time fora da zona da degola, faltando apenas duas rodadas para o fim do campeonato. Para escapar, o Internacional precisa quebrar uma escrita que dura desde o início da era dos pontos corridos.

Quebrando tabu

Desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por pontos corridos, em 2003, foi criado um tabu. No atual formato, seis times chegaram na 37ª precisando reverter uma diferença de três pontos para conseguir escapar do rebaixamento, e todos eles disputaram a Série B no ano seguinte.

Um mês sem vitórias

Com a derrota para o Corinthians sob o comando de Lisca, o Internacional chegou a marca de um mês sem vitórias. Foram sete jogos, do Brasileirão e da Copa do Brasil, e o Colorado empatou quatro vezes, e saiu derrotado em três oportunidades.

LEIA MAIS> Lisca chega ao Internacional para transformar loucura em motivação

A matemática

Para escapar, o Inter precisa vencer seus dois jogos (Cruzeiro – casa; Fluminense – fora) e torcer para que o Vitória não some mais que três pontos (Coritiba – fora; Palmeiras – casa). Ainda tirar cinco gols de saldo em relação ao rubro negro baiano caso terminem com o mesmo número de pontos. É preciso quase um milagre para manter o Colorado na Série A.

Próximo jogo

Na próxima rodada, o Internacional enfrenta o Cruzeiro, no Beira-Rio, no domingo, às 17h. Existe a possibilidade de o rebaixamento acontecer já na 37ª rodada, caso o Colorado perca para o Cruzeiro, e o Vitória consiga um empate contra o Coritiba fora de casa.

Comments