• Home »
  • Destaque »
  • Há quase 4 anos sem vitória, Anderson Silva ganha outra chance no UFC

Há quase 4 anos sem vitória, Anderson Silva ganha outra chance no UFC

Com 4 lutas, 3 derrotas e um “no contest”, Spider enfrenta Cormier neste sábado

Por Rafael Sarchis

Treze de outubro de 2012, data do último triunfo de Anderson Silva no UFC. Luta contra o americano Stephan Bonnar, no UFC 153, evento que aconteceu no Rio de Janeiro. O combate foi válido pela categoria meio pesado, até 93kg. Categoria acima da que o Spider se consagrou no Ultimate e que ele vai lutar amanhã na edição 200 contra Daniel Cormier.

Com a suspensão de Jon Jones por doping, Cormier ficou sem adversário na disputa pelo cinturão dos meio pesados. Faltando dois dias para o evento, que acontece em Las Vegas, o UFC resolveu chamar Anderson Silva, um de seus super astros, para enfrentar o americano. Spider topou o desafio: a luta vai ser pelos meio pesados, com duração de três rounds e não valerá o cinturão.

A queda do brasileiro na organização começou no dia seis de julho, contra Chris Weidman, pelo UFC162. Onde Anderson brincou e debochou do adversário durante quase todo o combate, até que Weidman acabou com a graça e com uma invencibilidade de 17 lutas e 7 anos, nocauteando o brasileiro no segundo round.

Na sequência veio a chance de revanche contra o americano, pelo UFC 168 e a famosa lesão que tirou Anderson do octógono por pouco mais de um ano. Na volta aos combater, luta contra o americano Nick Diaz, o brasileiro até venceu o combate na decisão dos juízes. Mas como foi pego no doping e a luta fica como “no contest” – sem resultado.

O último combate do Spider foi polêmico: derrota por decisão unanime contra Michael Bisping, no dia 27 de fevereiro desse ano. O brasileiro estava até pedindo revanche para o UFC, através das redes sociais. Querendo uma luta em Manchester, casa de Bisping e dizendo que ganharia dele lá. Se ganhar de Cormier amanhã, pode ser que Anderson Silva ganhe a chance de revanche.

Comments