Há 6 anos, Internacional ganhava o bi da Libertadores

Colorado comandado por Celso Roth venceu o Chivas, do México, e foi campeão da América

Por Rafael Sarchis

Certamente o dia 18 de agosto de 2010 não sairá nunca mais da cabeça de nenhum colorado. O Internacional jogava em casa, para mais de 53 mil torcedores e precisava de apenas um empate contra o Chivas Guadalajara, do México, justamente por ter vencido a primeira partida fora de casa, por 2 a 1. A equipe de Porto Alegre, venceu o jogo da volta por 3 a 2 e conquistou o bi campeonato da Libertadores da América.

A primeira fase colorada foi impecável, vitórias em casa e empates fora. Dentro do Beira- Rio, vitórias contra Cerro Porteño, Deportivo Quito e Emelec perderam por 2-0, 3-0 e 2-1, respectivamente. Longe de Porto Alegre, empates por 0 a 0 contra Cerro e e Emelec e 1 a 1 contra o Deportivo Quito. Classificação confirmada para as oitavas de final como primeiro do grupo e ainda invicto na competição.

 

Mata-mata Libertadores 2010

O mata-mata começou com uma pedreira, rivalidade Brasil e Argentina frente a frente. Derrota fora de casa por 3 a 1 para o Banfield. Jogando nos seus domínios, Alecsandro e Walter marcaram os dois gols que deram a classificação e o resultado que o Inter precisava. Nas quartas de final, outra equipe hermana no caminho.

Dessa vez o Estudiantes, atual campeão, a primeira partida foi no Beira Rio e terminou com a vitória dos brasileiros por 1 a 0. Jogando na Argentina, os colorados perdiam por 2 a 0 até os 43 minutos do segundo tempo, até que Giuliano marcou o gol da classificação. Veja os gols dessa partida.

O adversário da primeira conquista em 2006, estava no caminho gaúcho na semifinal. Duelo difícil com o São Paulo. Outra vez, Giuliano apareceu e marcou o gol da vitória na primeira partida. Jogando no Morumbi, Alecsandro fez o único gol do Inter, mas suficiente para carimbar a vaga na final, apesar da derrota por 2 a 1.

Na decisão da Libertadores, estava o Chivas Guadalajara, do México, que não fez frente para a equipe brasileira. Vitória na ida, fora de casa, por 2 a 1, Giuliano – craque da competição e Bolívar marcaram os gols da virada colorada. Casa lotada e outra derrota dos mexicanos, dessa vez por 3 a 2 e o bi campeonato da libertadores era conquistado pelo Internacional. Veja os melhores momentos do jogo decisivo.

Comments