Guia do fim de semana na Europa

Foto: SkySports

No último confronto, 2 a 0 para o Liverpool (Foto: SkySports)

Por Bruno Louzada

Clássico na Inglaterra, Mourinho pressionado, reencontro de Kanté com o Leicester, a volta de Messi, Real desfalcado, jogão na Itália. Tudo de melhor que vai rolar neste final de semana no Velho Continente:

 

Inglaterra

O jogo – Liverpool x Manchester United – segunda, 17h

A rodada coloca frente a frente dois times de Manchester e dois de Liverpool. O maior clássico da Inglaterra, envolvendo as duas maiores torcidas, chega com as equipes em momentos diferentes. Em plena ascensão, os Reds têm o melhor ataque do campeonato, além de ser o time que mais acerta passes. Além disso, teve Sadio Mané eleito pela Associação dos Jogadores Profissionais o Jogador do Mês em agosto e setembro.

Os Red Devils vêm de um empate em casa contra o Stoke, sem contar os problemas internos. Rooney ficou no banco na última partida e o caso é muito comentado na Inglaterra. Apesar disso, nunca dá para menosprezar talentos como Pogba e Ibrahimovic.

 

O cara – N’Golo Kanté

Um fato não pode passar desapercebido nesta rodada: Kanté vai reencontrar os companheiros do Leicester. O Chelsea abre a rodada contra o atual campeão, no sábado, às 8h30. Depois de todo o sucesso no Leicester, agora o francês estará do outro lado.

 

Vale a pena ficar de olho – Manchester City x Everton – sábado, 11h

Depois da derrota para o Tottenham na rodada passada, o City tem a chance de perder a liderança da Premier League pela primeira vez na temporada. E para piorar, não tem Kompany, Sagna, De Bruyne e Sterling. Do outro lado, um Everton em crescimento, uma das boas surpresas da temporada.

 

Espanha

O jogo – Atlético de Madrid x Granada – sábado, 13h30

O jogo reúne primeiro e último colocados. São 13 pontos de diferença entre os times. Sem Saúl, que se lesionou antes da Data Fifa, Gaitán pode ganhar uma vaga entre os titulares. Os colchoneros buscam manter a liderança de La Liga.

 

O cara – Messi

O craque volta aos gramados diante do Deportivo La Coruña, no sábado, às 11h15. Três semanas fora por uma lesão, o argentino volta a formar o trio mais letal do planeta – MSN. Sem ele, o Barça ficou dois jogos seguidos sem vencer em casa, além da derrota para o Celta. Nas duas últimas visitas ao Camp Nou, o Depor segurou o Barcelona.

 

Vale a pena ficar de olho – Bétis x Real Madrid – sábado, 15h45

O Real sofreu com o chamado “Vírus Fifa”. Os merengues perderam o capitão Sergio Ramos, que deve ficar fora por cerca de um mês. James, Modric e Casemiro devem ser outros desfalques para Zidane.

 

Itália

O jogo – Napoli x Roma –sábado, 10h

As posições são as mesmas da última temporada: 2º e 3º colocados, atrás da aparentemente imbatível Juventus. Apenas um ponto deixa os Napolitanos à frente, mas eles têm um desfalque fundamental: Milik, autor de 4 gols até aqui. O polonês sofreu uma lesão no ligamento do joelho e só deve voltar no ano que vem.

 

O cara – Higuaín

O argentino igualou Carlos Bacca na artilharia da Serie A na rodada passada. Agora, contra a Udinese, pode se isolar na tabela de goleadores. São 4 gols nos últimos 4 jogos, contando a seleção também.

 

Vale a pena ficar de olho – Chievo x Milan – domingo, 16h45

Grande surpresa da temporada, o Chievo recebe os rossoneri num confronto direto. Ambos têm 13 pontos e buscam uma vaga em competições europeias.

 

Bundesliga

O jogo – Borussia Dortmund x Hertha Berlim – sexta, 15h30

O Borussia abre a rodada tentando buscar o líder Bayern. Mas, antes disso, precisa ultrapassar o segundo colocado Hertha Berlim. O confronto é direto e, em caso de derrota do Borussia e vitória do Bayern, a diferença fica em sete pontos. A lista de desfalques é extensa: Guerreiro, Reus, Sokratis, Castro, Schurrle, Durm…

 

O cara – Aubameyan

Envolvido em muitas especulações nas ultimas semanas, o gabonês ignora tudo e continua marcando gols. São 5 em 6 jogos, e a artilharia da Bundesliga.

 

Vale a pena ficar de olho – Eintratch Frankfurt x Bayern – sábado, 10h30

O líder em campo. Ainda não tão brilhante quanto no ano passado, os bávaros vão tentando se ajeitar com Ancelotti.

 

 

Comments