Convocado, juiz-forano quer fazer história nos Jogos Olímpicos

Armador titular da seleção brasileira de handebol, Thiagus Petrus sonha em conquistar medalha inédita.

Por Ramon Souza

Todo atleta sonha defender o país de origem, conquistar títulos e ser reconhecido. Disputar os Jogos Olímpicos, no auge da carreira e no seu país? Um sonho que alguns poderão realizar a partir de agosto. É o caso do juiz-forano Thiagus Petrus, armador titular da Seleção Brasileira de Handebol. “Já esperava ficar entre os 14 convocados, a expectativa era muito boa, mas fiquei muito feliz, quando recebi a notícia na fase final de treinamento. Muita felicidade, principalmente por ser no Rio, bem próximo de Juiz de Fora”, contou.

Hoje, aos 27 anos, ele defende o Pick-Szeged, da Hungria e, mesmo com títulos importantes na bagagem, revela o desejo de surpreender e buscar uma medalha na Olimpíada. “Conquistamos algumas medalhas, como o Pan, mas nada no nível mundial, tanto que os melhores resultados são os mundiais, que a gente perdeu nas oitavas. Se viesse uma medalha nessa Olimpíada seria uma coisa incrível, um sonho para todos nós. A gente sabe que no esporte tudo é possível e a acreditamos muito. Tudo será decidido dentro de quadra”, declarou.

A última participação olímpica da seleção masculina de handebol foi em 2008, nos Jogos de Pequim. O time foi eliminado na primeira fase, ficando na quinta posição de seu grupo com apenas 2 pontos.

Para Thiagus, será necessário 100% de entrega para conquistar bons resultados nessa edição. “Eu tenho certeza que todos os jogos, pelo menos pro Brasil, serão muito difíceis. Meu objetivo é me entregar, fazer tudo que estiver no meu alcance pra fazer história com a Seleção”, finalizou.

A estreia da Seleção Brasileira de Handebol está marcada para domingo, dia 07 de agosto, contra a Polônia, às 16h40. O Brasil está no grupo B, ao lado de Polônia, Eslovênia, Suécia, Alemanha e Egito.

Prazer, Thiagus Petrus!

Nascido em Juiz de Fora, Thiagus conheceu o handebol aos 13 anos, quando estudava na Escola Estadual Sebastião Patrus de Sousa. Em 2004, aos 15 anos, Thiagus começou a treinar no Olímpico Atlético Clube de Juiz de Fora, onde começou a ganhar destaque na região. Após ganhar títulos na região, era chegada a hora de alçar voos maiores. Thiagus passou em um teste do Esporte Clube Pinheiros. No clube de São Paulo, ele ficou por cinco temporadas, conquistando a Liga Nacional, por três vezes, o campeonato pan-americano de clubes e diversos torneios de base.

Aos 18 anos, Thiagus foi convocado para defender a Seleção Brasileira, onde conquistou a medalha de ouro dos Jogos Sul-americanos em 2010 e 2016 e o Pan de Toronto em 2015.

Em 2012, Thiagus Petrus foi disputar a Liga Espanhola de Handebol, defendendo o Naturhouse La Rioja e, desde 2015, é atleta do Pick-Szeged, da Hungria.

Thiagus Petrus pelo seu clube

Foto: Czeglédi Zsolt

 

 

Comments