Balanço da primeira fase da Copinha – Grupos 11 a 20

Por Bernardo Medeiros

No último dia 2 de janeiro, a Copa São Paulo de Futebol Junior 2017 teve seu início. O maior torneio da base brasileira dessa vez conta com 120 times divididos em 30 grupos. E o Guia da Bola fez o balanço da fase de grupos. Na segunda parte, o grupo 11 ao 20 foram destacados.

Grupo 11 (Paulista-SP, Red Bull Brasil-SP, Joinville-SC, Vitória da Conquista-BA)

Jogando em casa, o Paulista venceu as três partidas pelo mesmo placar: 1×0. O Red Bull Brasil, o outro classificado do grupo, venceu dois jogos por goleada. Dois times paulistas classificados, que deixaram o Joinville pelo caminho.

Grupo 12 (Vitória-BA, Atlético-GO, ABC-RN, Atibaia-SP)

O Vitória confirmou o favoritismo no grupo, conquistando duas vitórias e um empate. O outro classificado do grupo foi o Atlético-GO, que teve duas vitórias e uma derrota. Mesmo jogando em casa, o Atibaia não teve forças para bater seus rivais e conseguiu apenas um empate com o ABC.

Grupo 13 (São Paulo-SP, Capivariano-SP, União Barbarense-SP, Gênus-RO)

Um dos favoritos ao título da Copinha, o São Paulo conquistou três vitórias na fase de grupos. Além disso, teve a melhor campanha da primeira fase e o melhor ataque. O outro classificado foi o Capivariano, que voltou a enfrentar o Tricolor paulista, após a final do último Paulista sub20. O time de Capivari teve duas vitórias e uma derrota na fase de grupos.


Grupo 14 (Nova Iguaçu-RJ, Chapecoense-SC, Desportivo Brasil-SP, Sampaio Corrêa-MA)

Em um grupo embolado, o Nova Iguaçu terminou em primeiro, com duas vitórias e uma derrota. A Chapecoense conseguiu se recuperar depois da derrota na primeira rodada e acabou eliminando um adversário tradicional no futebol de base, o Desportivo Brasil. Os dois times terminaram com 4 pontos, mas os catarinenses tiveram melhor saldo.

Veja a comemoração dos garotos da Chapecoense após a classificação:

Grupo 15 (Primavera-SP, Atlético-PR, União Rondonópolis-MT, CRB-AL)

O Primavera, que eliminou o Fluminense na edição passada da Copinha, vem chamando atenção novamente. Com duas vitórias e um empate, deixou o Atlético-PR em segundo lugar no grupo. O time paranaense teve uma vitória e dois empates na primeira fase.

Grupo 16 (Ituano-SP, Santa Cruz-PE, Guarani-SP, XV de Piracicaba-SP)

Mais um grupo com três times paulistas. O Ituano, que jogou em casa, teve duas vitórias e um empate e terminou em primeiro. O Santa Cruz, com 4 pontos, superou o Guarani pelo saldo de gols.

Grupo 17 (Corinthians-SP, Taubaté-SP, Operário-MS, Pinheiro-MA)

O Corinthians superou com certa tranquilidade seus adversários. Com duas vitórias por goleada nos dois primeiros jogos, o Timão encaminhava outra goleada contra o Taubaté, mas sofreu dois gols no final e deixou de ter a melhor campanha geral. O time da casa, o Taubaté, venceu as outras duas partidas e também avançou.

Grupo 18 (Coritiba-PR, Manthiqueira-SP, Boavista-RJ, Itabaiana-SE)

O Coritiba entrou na última rodada já classificado em primeiro lugar do grupo. Foram duas vitórias e um empate para o time paranaense, confirmando o favoritismo. O Manthiqueira teve um fato curioso: classificou com empate em todos os jogos.

Grupo 19 (Ceará-CE, Taboão da Serra-SP, Madureira-RJ, Luverdense-MT)

O Ceará fez boa campanha e, com duas vitórias e um empate, terminou em primeiro do grupo. A segunda vaga foi bem disputada, mas o Taboão da Serra, que jogou em casa, fez 5 pontos, um a mais que o Madureira. O Luverdense, com três derrotas, terminou em último.

Grupo 20 (Internacional-RS, Mogi Mirim-SP, Aimoré-RS, São José dos Campos-SP)

O Inter teve tranquilidade em seu grupo. Apresentando bom futebol, o Colorado teve três vitórias com dois ou mais gols de diferença e confirmou o favoritismo. A outra vaga do grupo ficou com o Mogi Mirim, que fez 4 pontos.

 

 

Comments