Balanço da primeira fase da Copinha – Grupos 1 a 10


Por Bernardo Medeiros

No último dia 2 de janeiro, a Copa São Paulo de Futebol Junior 2017 teve seu início. O maior torneio da base brasileira dessa vez conta com 120 times divididos em 30 grupos. E o Guia da Bola fez o balanço da fase de grupos. Na primeira parte, o grupo 1 ao 10 foram destacados.

Grupo 1 (Grêmio-RS, Votuporanguense-SP, Auto Esporte-PB, Brasília-DF)

O Grêmio passou com tranquilidade em seu grupo e foi um dos nove times com 100% de aproveitamento na primeira fase, vencendo todos as três partidas com dois ou mais gols de diferença. O outro time classificado foi o time da casa, o Votuporanguense, que teve sua classificação confirmada pelo saldo de gols, após empatar em pontos com o Auto Esporte.

Grupo 2 (Náutico-PE, Mirassol-SP, Vila Nova-GO e Tanabi-SP)

Em um grupo sem grandes favoritos, Náutico e Mirassol classificaram vencendo duas partidas cada. O Tanabi, mesmo jogando em seus domínios, fez campanha ruim, terminando com apenas 1 ponto.

Grupo 3 (Botafogo-RJ, Sergipe-SE, Rio Preto-SP, Alecrim-RN)

Depois de ter feito boa campanha na Copa RS, quando chegou na final contra o São Paulo, o sub-20 do Botafogo decepcionou na fase de grupos. Mesmo com a classificação com duas vitórias e um empate, o futebol apresentado não agradou. O Sergipe foi o segundo do grupo, vencendo duas partidas.

Grupo 4 (Grêmio Novorizontino-SP, Atlético-MG, São Raimundo-RR, Novoperário-MS)

Os dois times classificados do grupo, Grêmio Novorizontino e Atlético-MG, contaram com times bem jovens. No primeiro, boa parte do time fazia parte do sub17 em 2016, já o segundo teve somente um jogador que era do time sub20 em 2016. Boa campanha com duas vitórias e um empate para cada e o time paulista em primeiro pelo saldo.

Grupo 5 (Ponte Preta-SP, Marília-SP, América-MG, Atlético-BA)

Em um grupo com três times de maior destaque e um time que tentava ser zebra, a Ponte Preta (7 pontos) e o Marília (6 pontos) deixaram o semifinalista da última edição da Copinha, o América-MG, pelo caminho já na fase de grupos.

Grupo 6 (Paraná-PR, Penapolense-SP, Volta Redonda-RJ, Paysandu-PA)

O Paraná confirmou as expectativas e foi o primeiro do grupo, com duas vitórias e um empate. A briga pela segunda foi disputada e melhor para o time da casa, a Penapolense, que teve uma vitória e dois empates.

Grupo 7 (Palmeiras-SP, Ferroviária-SP, Villa Nova-MG, Paranoá-DF)

O Palmeiras, apesar de ter classificado em primeiro, com duas vitórias e um empate, não teve vida fácil e encontrou dificuldades em todos os jogos, sofrendo cinco gols em apenas três partidas. A Ferroviária, jogando em casa, foi o outro classificado, com uma vitória e dois empates.

Grupo 8 (Batatais-SP, Sport-PE, Comercial-SP, Rio Claro-SP)

Uma das maiores surpresas da fase de grupos foi o Batatais, que superou o Sport e foi um dos poucos que conseguiram ganhar todos os jogos na primeira fase. O principal time do grupo, o Sport, foi o outro classificado, tendo ganhado as outras duas partidas.

Grupo 9 (São Carlos-SP, Vasco-RJ, Rio Branco-ES, Botafogo-PB)

O Vasco, principal time do grupo, foi outro time grande que teve um futebol abaixo de sua grandeza. E mesmo ganhando do São Carlos na última rodada, ficou em segundo, atrás justamente do time paulista. As duas equipes terminaram com duas vitórias e uma derrota na primeira fase.

Grupo 10 (Botafogo-SP, Independente-SP, Rio Branco-SP, Fortaleza-CE)

Em um grupo recheado de paulistas, Botafogo e Independente terminaram com sete pontos cada, com o primeiro tendo melhor campanha pelo saldo de gols. A decepção ficou por conta do Fortaleza, que perdeu todos os jogos.

Comments