Apenas três jogadores do Palmeiras já foram campeões brasileiros

Dois dos campeões brasileiros do elenco palmeirense (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

Dois dos campeões brasileiros do elenco palmeirense (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

Por Rafael Campos

Líder da competição, o Palmeiras é o grande favorito para vencer o Campeonato Brasileiro de 2016. A temporada alviverde ficou marcada muitas vezes por críticas ao elenco numeroso, mas mesmo com muitos jogadores no plantel atual, somente três já conquistaram a principal competição nacional. Jean, Edu Dracena e Egídio são os únicos atletas do time que experimentaram o sabor título no torneio, por outras equipes.

Jean

Jean, comemorando o título brasileiro pelo Fluminense (Foto: André Casado / Globoesporte.com)

Jean, comemorando o título brasileiro pelo Fluminense (Foto: André Casado / Globoesporte.com)

Um dos principais jogadores do elenco atual, o lateral-direito ou volante venceu o Campeonato Brasileiro pela primeira vez por um rival. Revelado no São Paulo, foi emprestado para alguns clubes, até voltar para o tricolor paulista, em 2008, como titular na conquista nacional. Quatro anos depois, transferido ao Fluminense, venceu a competição novamente, em sua primeira temporada pelo clube. Curiosamente o gol de Fred, que garantiu a taça à equipe carioca, partiu de um cruzamento de Jean, contra o Palmeiras.

Edu Dracena

(Foto: FERNANDO DANTAS/GAZETA PRESS)

Edu Dracena comemorando um dos gols na goleada sobre o São Paulo (Foto: FERNANDO DANTAS/GAZETA PRESS)

Sua primeira conquista do Campeonato Brasileiro aconteceu há 13 anos. Dracena também era reserva na equipe histórica do Cruzeiro, em 2003, que além do torneio por pontos corridos, também venceu o Estadual e a Copa do Brasil. Na temporada passada, pelo rival Corinthians, levou o título pela segunda vez na carreira, também sem titular da equipe alvinegra.

Egídio

(Foto: Divulgação)

Em 2014, Egídio foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro (Foto: Divulgação)

Dividindo a lateral-esquerda com Zé Roberto, em 2016, foi fundamental no bicampeonato do Cruzeiro. Nos dois anos seguidos vencidos pela Raposa, Egídio foi titular e imprescindível nas bolas paradas equipe do, até então, técnico Marcelo Oliveira. O jogador atuou em Minas Gerais em 2013 e 2014, temporadas que acabaram com título do Campeonato Brasileiro, e somou mais de 100 jogos pelo clube.

Comments